Zur Startseite

KNX é ecológica

Consumo de Energia reduzido, utilizando os sistemas de controlo de habitações e edifícios (domótica)

Estudos revelados pela Associação KNX mostram de que forma o controlo em rede de residências e edifícios com base em KNX permite até 50% de poupança energética.

As alterações climáticas e o contínuo esgotamento de recursos significam que a utilização eficiente da energia é uma questão chave na sociedade. Uma vez que representam 40% do total da energia consumida, os edifícios representam um potencial de poupança energética considerável. A KNX preenche os requisitos da Classe de Eficiência Energética de topo para automação de edifícios, significando que se adequa de forma ideal para satisfazer os mais exigentes requisitos para edifícios. Através da tecnologia KNX inteligente do sistema de controlo de edifícios, o consumo de energia de um edifício pode ser reduzido para metade.

O controlo inteligente dos sistemas para edifícios reduz imenso o consumo de energia e os custos de operação associados – esta é a conclusão a que chegou o Instituto de Sistemas de Energia e Edifícios da Universidade de Ciências Aplicadas de Biberach, na Alemanha. Esta questão vem no seguimento de uma extensa pesquisa acerca do potencial de poupança energética que pode ser alcançada através da utilização de sistemas modernos de instalações elétricas, como o KNX.

Os resultados resumem-se ao seguinte:

“Em especial algumas funções de automação, que apresentam um potencial de redução energética de elevado grau através da combinação de diferentes áreas comerciais, só podem ser concretizadas através da utilização de modernas tecnologias de sistemas para edifícios assentes em sistemas de comunicação e de bus (barramento).”

Outro projeto de pesquisa, conduzido pela Universidade de Ciências Aplicadas de Bremen, sobre poupança energética com a KNX, demonstra até que ponto o exemplo da poupança energética de uma fonte de energia para aquecimento pode ser é alcancável. O recém construído Centro de Informática e Tecnologias da comunicação (ZIMT) da Universidade de Ciências Aplicadas de Bremen foi equipado com equipamentos e controlos KNX para regulação do aquecimento e da iluminação. Os dados recolhidos foram avaliados e foram realizadas comparações entre o modo de operação “normal” e o modo de “automação”. O edifício tem um consumo de energia específico de 60-75 Kwh/m2a. Foram selecionadas 2 salas de aula idênticas para realizar os ensaios. Numa sala foi instalado equipamento convencional e a outra foi equipada com controlo KNX.

eHome
Smart metering
 

Com base em 4 anos de medições, verificou-se que a utilização do controlo KNX reduz o consumo de energia em notáveis 50%. Torna-se assim claro que o investimento realizado no sistema de automação de edifícios tem um retorno rápido. A Universidade de Ciências Aplicadas de Bremen calculou que, com um consumo anual de 230.000 KWh apenas para iluminação, o retorno do investimento seria alcançado no prazo de um ano através da utilização de um controlo de bus KNX. Por fim, não são só os proprietários/operadores e investidores que beneficiam da redução do consumo de energia: o clima também beneficia.

Smarthouse

Em resumo, a tecnologia KNX possibilita as seguintes poupanças energéticas:

  • até 40%, com o controlo de estores KNX
  • até 50%, com o controlo individual de espaços KNX
  • até 60%, com o controlo de iluminação KNX
  • até 60%, com o controlo de ventilação KNX

Mais informações

Folhetos